TRIBUTAÇÃO DO VOD

COMPARTILHAR
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Gigantes da Internet não querem Condecine sobre VoD com publicidade

 

Além das manifestações que estão sendo feitas na esfera do Conselho Superior de Cinema sobre a proposta de tributação da Condecine sobre os serviços de vídeo sob-demanda, outros atores, sem participação direta no conselho, também se manifestam.
Foi apurado que Google, Facebook, Amazon e Apple também se manifestaram ao Ministério da Cultura, em correspondência enviada há duas semanas, pedindo que a tributação não fosse aplicada aos serviços viabilizados por publicidade e que são, portanto, gratuitos aos usuários. Esse modelo, conhecido como AVoD, também está sendo discutido no conselho. A Netflix, que tem assento no colegiado, defende, ao lado dos produtores, a tributação em cima da publicidade. Já as emissoras de TV e as teles (que também estão no conselho), não querem.

Por Samuel Possebon
samuca@teletime.com.br

Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro de como se destacar no mercado audiovisual.