SEMINÁRIO SET : UNIVERSO DO IP.

COMPARTILHAR
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

               

                                                                   

DRIVESYS NA NAB SHOW 2018

Como parte da programação do SET E TRINTA, aconteceu segunda-feira (09/04) o seminário com o tema “O Universo em IP”.
Esse evento – espaço voltado ao público brasileiro, realizado pela SET em parceria com a NAB Show – reuniu executivos das principais empresas do mercado do audiovisual no Brasil e líderes globais, para discutir os avanços tecnológicos do setor.

No seminário foi discutido sobre a transição do modelo SDI para IP na infraestrutura de emissoras de televisão e teve como moderador Thiago Abreu, engenheiro com mais de12 anos de experiência em Sistemas de Transmissão, IP e Gerenciamento de Projetos e atual Gerente de Projetos de Tecnologia na Rede Globo.

Foto: Thiago Abreu da Rede Globo e Odecio Pavan da Drivesys.

No mercado audiovisual ocorria um impedimento para essa transição, que é o fato de existirem múltiplas abordagens tecnológicas introduzidas no mercado, dificultando ainda mais a decisão de aplicar a transição. O SDI tem sido utilizado por anos como uma forma comum de conexão de vídeo sem compressão nos estúdios, possibilitando que cada equipamento se conecte com outros que suportem o mesmo padrão, independente do fabricante ou do modelo.

A Aliança para Soluções de Mídia IP (AIMS) constatou que a indústria de mídia deve manter esta abordagem de utilizar apenas uma única interface padronizada para a conexão de vídeo, como uma transição do SDI para IP, assegurando que continue no transporte do sinal.
O IP é um protocolo flexível por natureza, mas esta mesma flexibilidade pode trazer riscos se os fornecedores de tecnologia não estiverem alinhados.
Iniciada em dezembro de 2015, a aliança AIMS conta hoje com grande adesão entre fabricantes, emissoras, produtoras de mídia e órgãos de tecnologia e regulamentação.

Sabe-se que o processo de transmissão audiovisual via IP têm sido usado há mais de uma década e ganhou força há pouco tempo. O tema que voltou em pauta na NAB Show, dá oportunidade dos especialistas avaliar novamente o destino das tecnologias baseadas em SDI, sendo que será inevitável e mundial a mudança para os sucessores baseados em IP.  “O painel tentou cobrir essa transição por IP e algumas tendências do que vem a seguir”, explicou Thiago Abreu.

Lembrando que a nossa parceira Cisco aposta nessa tecnologia e produz switchers para video IP que simplificam o gerenciamento para produções de mídia ao vivo.Nos acompanhe nas Redes Sociais e em nosso Blog para ficar por dentro das novidades e insights da maior feira para mídia e entretenimento!

Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro de como se destacar no mercado audiovisual.