O que você sabe sobre um estúdio Chroma Key?

COMPARTILHAR
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Quando se fala em produzir conteúdo audiovisual, existem dois pontos que costumam ser obstáculos para empresas: orçamento e tempo. Nem sempre o deadline ou o dinheiro disponível condizem com as expectativas de quem precisa do vídeo.

Pois saiba que uma tecnologia chamada chroma key pode resolver esse problema. Conhecida pelo fundo verde característico usado nesse tipo de gravação, a técnica otimiza os processos de produção e possibilita a aparição de determinados cenários no vídeo sem tirar os atores e a equipe do estúdio.

Assim, em uma diária feita em um único local, é possível criar um comercial ou vídeo institucional que tenha como pano de fundo o Rio de Janeiro, Paris e Istambul – e tudo com um preço enxuto e excelente custo-benefício. Saiba tudo sobre o chroma key e descubra se essa é a melhor solução para seu negócio e suas idéias!

O que é Chroma Key?

Chroma Key é uma técnica em que a maior parte dos detalhes do cenário é adicionada ao vídeo na pós-produção – ou seja, durante o processo de edição das imagens. Para isso, todas as ações são gravadas em frente a um fundo liso com uma cor sólida. Posteriormente, com a ajuda de um software de edição, o cenário colorido é trocado por outras imagens desejadas, que podem ou não estar em movimento.

O chroma key também poder ser usado para inserções de outras imagens ao vivo, durante um jornal, por exemplo.

Como funciona o estúdio em Chroma Key ?

Existem dois tipos de estúdio Chroma Key: aqueles que ocupam o cenário todo, quando toda a imagem de fundo precisa ser substituída, e outros em que o fundo colorido só existe em certas partes do cenário. Se o seu vídeo se passa em uma casa, e você só precisa alterar o que está por trás de uma janela, por exemplo, é possível montar toda a estrutura da casa em estúdio e colocar uma placa colorida específica para a técnica apenas em cima da janela.

O cenário para Chroma Key deve ser obrigatoriamente verde, vermelho ou azul. Essas são as únicas cores que podem ser lidas pelos algoritmos dos softwares de edição, uma vez que o trio compõe o sistema RGB. A escolha da cor de fundo é baseada nos objetivos do vídeo. É imprescindível que o fundo seja de um tom diferente de todos os objetos que aparecerão em primeiro plano, para não haver problemas na hora de recortar.

Esse é o motivo pelo qual o famoso fundo verde é escolhido com maior frequência: é mais raro que objetos de cena tenham aquele tom específico. A cor azul, por sua vez, costuma ser escolhida quando o cenário do vídeo será o céu ou o mar, por exemplo. Já o vermelho é uma opção mais rara por causar um contraste estranho com peles mais claras, que também dificulta a edição.

Agora que você já sabe como funciona um estúdio Chroma Key, pode começar a pensar em um roteiro bacana que valorize a aplicação da técnica em seu filme!

Veja como o chroma key pode ser usado, com edição com Adobe After Effects CC.

Fique por dentro do nosso BLOG para saber tudo sobre o mercado audiovisual!

VIABILIZAR O TALENTO E A CRIATIVIDADE: É PARA ISSO QUE A DRIVESYS EXISTE!

Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro de como se destacar no mercado audiovisual.