Nas, Das ou San?

COMPARTILHAR
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

NAS ou Network Attached Storage, utiliza protocolos de rede padrão, por exemplo: NFS, CIFS/SMB e AFP inventados por Sun Microsystems, Microsoft/IBM e Apple respectivamente para expor o storage as ilhas de produção audiovisual. Estes protocolos controlam o acesso para que N ilhas editem simultaneamente no mesmo storage.

Diferente da SAN que utiliza um shared filesystem normalmente proprietário, no NAS, o storage aparece para as ilhas de produção como um servidor de arquivos, e sua conexão é feita por rede IP padrão, não necessitando servidores e licenças adicionais.

Na forma mais simples um servidor NAS tem seu disk storage interno ou diretamente conectado (DAS), e então através de módulos instalados com o sistema operacional expõe seu o file system para as ilhas de produção, no entanto, embora seja possível altíssima velocidade na transferência de arquivos com conexões via cabo UTP ou Fiber Channel de 1Gb, 10Gb e 40Gb, é comum que processos de edição e finalização de conteúdos gravados RAW, HD, 2K, 4K e assim por diante encontrem problemas na reprodução em tempo real em sistemas NAS comuns devido algumas características do protoloco, filesystem e storage subsystem.

Produção de vídeo com NAS:
Soluções em NAS para produção audiovisual estão consolidadas a muito tempo, é são desenvolvidas por várias empresas e também utilizadas por muitas produtoras e emissoras.
Por utilizar protocolos comuns e integrados em sistemas operacionais, muitas empresas de TI e até mesmo os usuários finais, constroem o NAS não otimizado para A/V, que nada mais é que um servidor de arquivos, e que apesar do alto throughput , não está preparado para otimizar e solucionar as limitações de overhead dos protocolos quando se trata de “dar play” em conteúdo HD, 2K, 4K. Para que um NAS tenha resposta na produção audiovisual, o sistema tem que estar otimizado, por exemplo: customização do sistema operacional, otimização dos protocolos, filesystem, RAID e outros.

DAS vs SAN vs NAS: 
Não existe melhor solução entre DAS, SAN e NAS, cada solução tem suas vantagens e desvantagens, tanto do ponto de vista da arquitetura empregada, operação, administração, recursos e por último mas não menos importante o ORÇAMENTO! Por isso a escolha da melhor solução a ser empregada deve acontecer após análise do fluxo de trabalho de cada produção.

Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro de como se destacar no mercado audiovisual.